Ultradog

O blog dos apaixonados por cães!

De olho na balança

A obesidade não é um problema de saúde exclusivo dos humanos, assim como nós, os animais, principalmente os cães e gatos domésticos, sofrem deste mal.

E semelhantes são também as consequências da obesidade no organismo. Os pets correm riscos de sofrer com problemas cardíacos e articulares, colesterol alto, diabetes, etc.

Entretanto  a diferença é que a obesidade humana acontece, na grande maioria das vezes, por culpa da própria pessoa, devido ao estilo de vida que leva, da alimentação e tantos outros hábitos que influenciam na saúde. Já no caso dos animais domésticos, eles NÃO têm o poder de escolher qual serão os alimentos de suas refeições. Não são eles que escolhem qual o estilo de vida que irão levar.

Compreende a diferença?

Logo, está sob responsabilidade dos tutores do animal cuidar da saúde de seu aumigo, a fim de evitar que ele se torne um animal obeso, prejudicando desde a agilidade até, seriamente,a saúde.

A dieta do animal depende do dono e é preciso entender que as rações, de qualidade, já atendem às necessidades nutricionais do bichinho, ou seja, nã é preciso exagerar na quantidade oferecida.

Não se esqueça que acompanhar a saúde do seu pet/amigo com as orientações de um médico veterinário de confiança é de fundamental importância.

Fique atento pois o excesso de peso FAZ MAL e não é sinal de saúde como alguns pensam…

Os que oferecem ao pet comida caseira, lembre-se que é preciso  saber o que pode ser dado e como balancear essa alimentação, de acordo com as orientações do veterinário.

Já é possível seguir dieta balanceada oferecendo aos animais alimentos lights, os quais contém associação de fibras que visam acelerar a queima de gordura do bicho.

Além da alimentação, fique ligado ao estilo de vida que seu pet leva. É preciso se exercitar, gastar energia, não seja você o responsável por mais um animal que sofre com as consequências da  obesidade.

Ultradog Light – embalagem de 15 kg

Dia Mundial dos Animais

Voltamos! Voltamos!

E não poderia ser num dia mais especial que este 4 de outubro, dia Mundial dos ANIMAIS.

Nos mobilizando a favor destas vidas, podemos dar VOZ aos ANIMAIS que são maltratados, abandonados, espancados…enfim, podemos nos unir para ACABAR com a crueldade com os animais e disseminar o amor entre as espécies.

#DiaMundialDosAnimais – mais amor e respeito à VIDA dos ANIMAIS

Qually Vitta – novo membro da Família Quality Pet Food

Olá!

Há tempos estamos anunciando no twitter que nossa família está crescendo.

Hoje, temos o prazer de apresentar NOSSA NOVA LINHA DE PRODUTOS:

QUALLY VITTAALIMENTOS SUPER PREMIUM PARA CÃES.

Estas imagens são somente mostras das reais embalagens.

Qually Vitta estará disponível no mercado em potes de 2 e 4 kg.

Serão elas para cães adultos, filhotes e de raças pequenas em vivem em ambiente interno!

Em breve, site do produto com maiores informações.

Até breve!

Giardíase Canina

Quem aí gosta de ver seu AUmigo doentinho? Quietinho no canto sem fazer farra para brincar quando você chega em casa?

NINGUÉM, né?!

O  post de hoje serve de alerta para conhecermos um pouco melhor uma doença chatinha que afeta, não só nossos animais de estimação mas também, todos os seres humanos, entretanto, o foco aqui são os AUmigos, certo?

Vamos ao que interessa, o assunto de hoje: GIARDIA CANINA. ( Assunto indicado por @KURTCAO. Participação especial de @nathy_xD – FICA AQUI NOSSO MUITO OBRIGADO A VOCÊS.)

Giardíase Canina é um dos problemas intestinais mais comuns entre os animais e os humanos. A doença é causada por um protozoário que infecta o intestino delgado de ambos.

E como se pega essa tal doença? As fontes de infecção mais comuns são água, fezes e alimentos contaminados. E o que fazer para que esse protozoário fique longe? O mais recomendado é manter as BOAS PRÁTICAS DE HIGIENE do ambiente em que o animal vive. Os cistos de Giárdia sobrevivem no ambiente e, desta forma, são fonte de contaminação e principalmente reinfestação para os cães, sobretudo de canis.

Os principais sintomas ou sinais da Giardia Canina:

  • Diarréia mal cheirosa aguda ou crônica
  • Vômito
  • Dor abdominal
  • Desidratação
  • Perda de peso ou redução do ganho do mesmo.

É preciso ficar atento pois muitas doenças e alergias intestinais apresentam sintomas semelhantes, COMO SEMPRE falamos e recomendados, QUALQUER sintoma que você note em seu cão, leve-o ao médico veterinário de confiança.

A remoção imediata das fezes limitará a contaminação ambiental, se liga nisso! Higiene é sinal de SAÚDE.

E não se esqueça de manter a vacinação do seu cãopanheiro em dia, pois “está provado que a vacina estimula o animal a resistir ao parasito, sendo uma solução efetiva em longo prazo para o controle desta enfermidade parasitária, já que a imunidade natural contra Giárdia é de curta duração. Mesmo que os tratamentos se mostrem eficazes, a reinfecção em animais é muito freqüente , devido à dificuldade de se eliminar os cistos infectantes do ambiente. Um animal vacinado, além de protegido contra giardíase, não representará mais uma fonte de infecção a outros animais e até mesmo a seres humanos contactantes.”

Cuidar da saúde de seu cão é uma demonstração de AMOR e respeito à VIDA.

Até a próxima.

AUbraços.

Fonte:

http://www.doctorsclub.com.br/fd/trabalhos/technical_update___giardiase_canina.pdf

Estamos contratando…

Nós, da Quality Pet Food, indústria do ramo pet em fase de expansão, estamos selecionando vendedores para atuar na em todas as regiões do Brasil.

Os interessados deverão mandar e-mail para ultradog@ultradog.com.br.

Estamos esperando seu currículo. Venha trabalhar com a gente!

Boa sorte e até a próxima.

Papo Sério!

Esse post é sobre um assunto muito sério e que nem todas as pessoas têm conhecimento sobre o assunto.

A diabetes nos cães!

São três os tipos de diabetes caninas existentes, dentre elas:

Diabetes Mellitus:

O cão que tem a diabetes mellitus tem uma deficiência na produção de insulina produzida pelo pâncreas.

Algumas raças são mais suscetíveis à doença e, alguns medicamentos prescritos também podem ser uma das causas para se adquirir a mellitus.

Esse tipo de diabetes costuma ser acompanhada de emagrecimento, apesar do aumento de apetite do animal. Além de desidratação, anorexia, aumento de infecções, etc. Os sintomas ficam ainda mais graves conforme a doença progride.

O diagnóstico deve ser feito por meio de exame médico físico e testes laboratoriais.

O tratamento inclui injeção de insulina, dieta controlada e exercícios físicos.

Diabetes Inspído:

São duas as formas apresentadas – A diabetes Inspído CENTRAL, a qual ocorre uma deficiência hormonal, pois uma glândula do organismo do peludo não secreta  hormônio anti-diurético.

As causas mais comuns são trauma ou doença da hipófise ou hipótamo ou, defeito congênito.

E o segundo tipo é a diabetes Inspído NEFROGÊNICO, a qual ocorre quando os rins não respondem ao hormônio anti-diurético produzido pela glândula hipófise.

São comuns em cães que sofrem com alguma doença no rim ou estão tomando determinados medicamentos prescritos.

Nesses dois tipo, o diagnóstico é feito pelo médico veterinário, o qual calcula as quantidades de água tomadas pelo animal e submete-o a uma prova de privação hídrica.

Em ambos os sintomas são: o peludo tem mais sede, urina mais, podendo não beber maior quantidade de água porém urina mais.

E o terceiro tipo de Diabetes Canina é a Gestacional:

A diabetes gestacional ocorre quando a fêmea está grávida e o organismo não produz insulina suficiente ou não consegue utilizar corretamente o que produz.

Os sintomas são os mesmos da Diabetes Mellitus.

O tratamento é baseado em exercícios físicos e/ou injeção de insulina.

Geralmente esse tipo de diabetes desaparece quando o fêmea dá a luz.

Segue depoimento de uma pessoa que vive com uma peluda diabética:

——***——

Olá!

Vou dar meu depoimento sobre a descoberta da diabetes da Mel.

Mel foi abandonada há 5 anos e adotada por mim. Chegou muito magra e lotada de carrapatos.Depois de exames, boa alimentação e um ótimo veterinario ficou maravilhosa e se tornou doadora de sangue.

Como toda doadora de sangue fazia exames de laboratorio há cada 2 meses, sem apresentar nenhuma alteração.

Há 1 ano, a noite, ela começou a gemer e beber muita água, e já perdeu peso.Há 1 ano, a noite, ela começou a gemer e beber muita água, e já perdeu peso.Como ela era doadora do Banco de Sangue da Anhembi Morumbi, tem todo historico dela lá. Como ela era doadora do Banco de Sangue da Anhembi Morumbi, tem todo historico dela lá.Imediatamente tiraram sangue, raio X, soro e todo procedimento.

A querida MEL

Depois de algum tempo chega o resultado do Hemograma com a taxa de glicemia de 320. Começa o tratamento com Insulina.

As pessoas precisam prestar atençao,pois minha cadela tinha um controle de hemograma rigoroso, e , por isso conseguimos identificar o diabetes no inicio.

Conheci pessoas que começaram a achar algo estranho no seu pet, qdo ele já estava quase entrando em coma, com taxa de glicose acima de 800.

Isso depois de meses achando que o pet estava tomando mais agua, pq tinha mais sede, estava emagrecendo pq era um estado normal do pet, tinha fome em excesso pq estava guloso, etc.

A Mel emagreceu 5 kg em 5 dias, isso pq ela já estava na insulina.

Mas, a unica coisa “chata” é acertar a dosagem certa de insulina para o pet. Precisa de paciencia, tempo e determinação para não abandonar o tratamento.

Então presten atençao – pet reclamando, gemendo, resmungando (qdo o cão não é de reclamar), bebendo muita agua e emagrecimento rapido. São os sintomas mais aparentes.

Corra para seu veterinario.

Hj a Mel esta com tudo controlado, ganhou peso, e tem uma vida super normal, só não pode comer petiscos. Só se alimenta de verduras e ração apropriada para diabetes.

Bjs

Silvania

Mamis da Mel

——***——

Em todos os casos de cães diabéticos o dono precisa ter carinho, perseverança e atenção para manter a saúde em equilíbrio, evitando crises e desgastes para o animal.

Lembrem-se sempre que é FUNDAMENTAL visitar o veterinário regularmente e toda e qualquer mudança no comportamento e nos hábitos do peludo, avise o veterinário responsável.

Queremos MUITO agradecer a Sil, mamãe da Mel, que nos deu carinhosamente seu depoimento sobre o caso delas.

Sigam-nas no twitter: @kurtcao

Até a próxima!

Fontes: http://www.dogtimes.com.br/diabetes.htm

http://www.comofazertudo.com.br/animais-de-estima%C3%A7%C3%A3o/como-tratar-diabetes-canina

Seleção

Olá!

Nós, indústria do ramo pet em fase de expansão, estamos selecionando vendedores para atuar na região de Campinas, Jundiaí, Sorocaba e Americana.

Oferecemos área fechada, ajuda de custo, premiação e comissão.

O candidato deverá ter veículo próprio, telefone celular e ter acesso à internet.

Os interessados deverão mandar e-mail para ultradog@ultradog.com.br

Até a próxima!

Então é Natal…

Um animal é o presente ideal?!

Algumas pessoas costumam presentear amigos, parentes,filhos, namorados, com um fofo filhote de cachorro!  LINDO. Que grande presente, você não acha?!

Mas já parou para pensar que muitas vezes a pessoa que ganhou o filhote NÃO acha um bom presente?! Sim, temos que pensar nisso antes de dar de presente um filhote, uma VIDA à outra pessoa.

É preciso pensar bastante para escolher a pessoa certa para receber um peludo em casa. Os filhotinhos crescem, fazem bagunça, precisam de espaço, de comida, de vacinas e remédios e o mais importante: de DEDICAÇÃO!

Todo mundo se encanta ao ver um filhote mas não pára pra pensar que aquele filhote precisa de AMOR, CARINHO, RESPEITO além de tudo que já dissemos acima.

Vamos lutar contra o abandono dos animais! Eles merecem vida saudável ao lado de pessoas que realmente se importam com eles.

Não compre o presente por impulso para seu filho porque ele acha o animalzinho bonitinho, pense em tudo que estará por vir depois de levar essa nova vida para dentro de casa.

Acredite, muitas pessoas não estão preparadas para cuidar de uma outra vida, e muitas vezes não estão, também, dispostas a isso.

Vale a pena presentear com um lindo cão uma pessoa que não está disposta a amá-lo e criá-lo como ele merece?!

“Pense duas vezes antes de adotar um cão ou gato, pense um milhão de vezes antes de abandonar aquele que só lhe deu amor e mude de idéia” Luisa Mell

Até a próxima!

Eles nos fazem tão bem!

Você sabia que os animais podem trazer diversos benefícios à vida humana?!

As pessoas que, assim como nós, amam os animais, irão compreender com bastante facilidade o post de hoje!

O contato diário com os animais é muito mais do que simples companhia, o convívio com esses seres tão especiais funciona como terapia ao ser humano.

Quer entender melhor?!

Ao chegar em casa (depois de um longo dia de trabalho, de ter enfrentado congestionamentos) e ser recebido com muita festa feita pelo seu animal de estimação, ganhando alegria e carinho sem que ele tenha ele pedido nada em troca, não é fanstástico? É revigorante! E não por acaso, pois, ao sentir  alegria que se ‘ganha’ do seu cão, por exemplo, é liberada endorfina no corpo humano, hormônio esse capaz de relaxar, causar bem-estar, controlar pressão sanguínea, melhorar o sono, etc.

É muito interessante e muito bom saber que temos esses seres tão especiais em nossas vidas, não é mesmo?!

Algumas pesquisas comprovaram que pessoas que passaram por um período difícil, como perder um ente querido, por exemplo, e que possuem um animal de estimação, estão menos propensos à depressão.

Existem vários benefícios já comprovados por pesquisas mundo afora. Um deles, e por mais simples que pareça, é super importante e vantajoso, tanto para o tutor quanto para o animal: sair para passear!

Sim, o “simples” fato de sair para caminhar com seu companheiro aí pelas ruas perto de sua casa já estimulam você a ficar fisicamente ativo! Já tinha parado para pensar em tamanho benefício?!

Crianças que convivem com animais, desde cedo, aprendem a respeitar a natureza, além de tornarem-se mais calmas e amorosas…

…Poderíamos ficar falando desse assunto nesse e em outros posts, pois benefícios nessa relação Homem- Animal, não nos faltam. E além disso, temos a oportunidade de aprender muitas lições com eles, cada dia é uma experiência nova, inesquecível e divertida!

Sinta-se privilegiado (a) por ter um animal em sua vida, pois é CERTO que você tem por perto muito amor, e INCONDICIONAL…

É por essas e outras que estamos unidos e contamos com vocês para divulgarmos o RESPEITO À VIDA DOS ANIMAIS! Eles merecem nosso amor, carinho e proteção.

Até a próxima.